casamento Juliane e Henrique

"Quando fiquei noiva, já sabia que a coisa mais difícil do meu casamento seria o vestido. Eu não queria parecer um bolo, não queria usar salto alto, não queria sentir calor, eu queria poder dançar e correr pra lá e pra cá no meu grande dia sem me preocupar com a roupa, pra isso ela teria que ser confortável e não poderia "pinicar", teria que ser de um tecido suave, com leveza e caimento, além do que eu queria um vestido diferente, que ninguém tivesse igual. Aonde eu ia encontrar um vestido assim? 

Começando a ficar desesperada, Rick lembrou que a Bruna tinha um amigo que era estilista, o Alexandre! Fui conversar com a Bruna meio insegura ainda e ela me mostrou o trabalho dele que eu me identifiquei e logo falei: ACHEI! rs

Então fui contente e confiante lá na Heroína - Alexandre Linhares e me sentí em casa com a simpatia do casal querido. Conversamos, casamos nossas ideias e eu saí feliz da vida pois já sabia que o meu vestido seria feito com o maior carinho do mundo!

E assim foi: foram bordadas centenas de flores de seda e costuradas uma por uma sob a saia rodada de tule, por cima uma saia longa transparente de seda com um laço atrás, que ao cair a festa eu pude tirar e ficar de vestido curto. A medida que o vestido ia tomando forma o Ale me chamava e eu ia acompanhando e provando, minha felicidade e ansiedade para o grande dia iam crescendo juntas ao vestido, ficava com cara de boba e Ale e Tiff riam da minha cara! rsrs

Eis que no grande dia me sentí rainha com aquele vestido feito especialmente para mim, por onde eu andava a saia voava atrás, como asas que podiam me levar aonde eu quisesse. Sem esquecer de Rick que estava lindo e maravilhoso, também de Heroína, mas aí já é outra história... rs" 

 

Juliane Scoton, a noiva