Durante o processo de viabilização para apresentar o espetáculo "muitas cáries numa Boca Maldita", montamos junto com a Ieda Godoy, do Wonka Bar, o "Uma Catarse pela Heroína", onde reunimos artistas amigos que estavam dispostos a colaborar, e montamos dois dias históricos de apresentações.

                   Na primeira noite, Maite Schneider, com um pocket show de "Escravagina" e recitação de poesias autorais com Priscila Prado e Érico Prado Klein, Mari Quarentei, Luiz Felipe Leprevost, Luciana Cañete, Ricardo Pozzo e Célio Jamaica, além de exposição de arte com Marcel Fernandes, Kristiane Foltran, Bruna Mush, Paola de Ramos, Rafael Codognoto e Alex. O som ficou por conta da Dj Babi Oeiras e do convidado especial "O Homem ao Zero".

 

 

Uma Catarse pela

Heroína - 015

 

              Na segunda noite, um Eclipse Musical:  Clarissa Bruns, Grupo Fato, Iria Braga com Davi Sartori, Katia Drumond com Grace Torres, Laís Mann com Gerson Bientinez, Raissa Fayet com Leo Fressato e Rogéria Holtz com Luciana Worms.