Despida de Palavras

o início da maratona de "despida..." começou no dia 13 de julho no Festival De Criatividade Urbana Subtropikal, com a instalação de "perdidos no labirinto de nossas experiências". "Despida de palavras"continua com exposição na Galeria Teix, no dia 19 de Julho.

"perdidos no labirinto de nossas experiências" abre a maratona de "despida de palavras", da H-AL, no Subtropikal

Desde que abrimos a loja, toda roupa (e todas são únicas) sempre foi fotografada no corpo de quem ficou com ela, para que não perdêssemos os registros - cada peça é uma peça - ela carrega histórias, ela vem de um lugar e se encaminha pra outro. Em 2013, a performer Margit Leisner adquiriu um vestido no leilão virtual da H-AL (que na época se chamava Heroína) e esse vestido rendeu uma foto memorável.


O vestido original foi feito em tecido de lençol e teve em sua barra tinta preta aplicada, aludindo a um papel de presente amassado e queimado, e isso leva a uma série de discussões e interpretações, tanto que reaparece em nosso processo em 2018, quando recebemos um tanto de mostruários de tecidos e partimos para a reinterpretação do vestido de papel de presente queimado. A imagem fala por si, dispensa palavras. Despida de palavras. E assim iniciamos essa maratona que terá ainda dois momentos distintos que integram o mesmo trabalho, são distintos e paralelos.



a foto e o vestido que dão início a "perdidos no labirinto de nossas experiências", da H-AL

Fica abaixo o convite para o coquetel de "Despida de Palavras" na Galeria Teix, no dia 19 de Julho, às 19:30h, que segue a partir de uma fotografia feita durante residência na Galeria em 2016, mais desdobramentos têxteis, mais imagens que dispensam palavras.


"Perdidos no labirinto de nossas experiências" pode ser visto na loja da H-AL, na Al. Prudente de Moraes, 445 em Curitiba, diariamente das 9:30 - 18h. Horários marcados pelo telefone 41.3233.4810





0 visualização