“Quando uma mulher avança, nenhum homem fica para trás…”

Atualizado: Fev 29

No dia 8 de março de 1857, centenas de operárias morreram queimadas por policiais em uma fábrica têxtil de Nova York. Elas reivindicavam a redução da jornada de trabalho e o direito à licença-maternidade. Em homenagem às vítimas, no ano de 1911, foi instituída a comemoração de 8 de março, o Dia Internacional da Mulher. Ainda que tenhamos muito a fazer pelo direito de igualdade e liberdade, estamos vivendo um momento de muitas conquistas femininas, e todos os dias surgem mais movimentos e elos entre as mulheres, trazendo mais claridade para os assuntos que estão por debaixo das cinzas das nossas ancestrais.

Para fortalecer esse dia e honrar a memória de tantas, no dia 9 de março de 2020, teremos a abertura da exposição da artista Manu Daher, que apresentará a instalação “FURACÃO VIDA” junto com a exposição fotográfica “PÚBIS”. No mesmo dia, a Deborah Vons fará uma conversa aberta sobre o seu Projeto REMANDO PARA A VIDA que tem por objetivo promover ações para divulgar os benefícios de REMAR para pessoas que passaram por tratamento de câncer de mama. Parte do valor das vendas das peças da Manu Daher será revertido para o projeto.


°°° Sobre a exposição da Manu Daher

Em homenagem ao Dia da Mulher, Manu Daher apresenta sua mais recente criação. Não tão efêmera mas ainda construída a partir de elementos naturais ressignificados, é uma escultura feita de matérias vivas podadas que a artista encontra nas ruas, onde o mesmo vento que espalha e separa, é o vento que junta, aglomera.

Com a escultura "FURACÃO VIDA" , Manu em uma amálgama de partes isoladas encaixadas, quer expor o seu olhar\sentimento na inter-relação entre a natureza e o espírito feminino. Sem tocar no bem ou no mal, no nascimento ou destruição, ou mesmo no renascimento na destruição, mas sim e só, como um grande abraço em movimento ou um grande movimento em um abraço - onde tudo interage e se complementa no grande vértice de força, tempo e união. Junto e complementando, Manu apresenta sua série "PÚBIS"; registro fotográfico da intervenção natural feita na Polônia em 2019.



°°° Sobre a Deborah Vons e o Projeto “Remando Para a Vida”


Deborah Vons - “Sou remadora de canoa havaiana há pouco mais de dois anos. Comecei a remar para fortalecer o meu corpo e o meu sistema imunológico, após passar por tratamento de câncer de tireóide (cirurgia e radioiodoterapia). Anteriormente, já havia me submetido ao tratamento de dois cânceres de mama e foi logo nas primeiras remadas que, para minha surpresa, eu descobri que a atividade física de REMAR é uma das melhores para a reabilitação de pessoas que passaram por tratamento de câncer de mama. Essa ideia me encantou e me coloca em movimento, querendo compartilhá-la com as demais pessoas. O contato com a natureza, o céu, as árvores, o vento, a água, trouxeram-me enormes benefícios. É uma prática muito interessante para a gestão do estresse. REMAR é tão bom para pessoas masctectomizadas (que tiveram procedimentos cirúrgicos para retirada de mama) justamente porque fortalece as mesmas partes do corpo que ficaram debilitadas com esse tipo de cirurgia, ou seja: ombro e cintura escapular. Significa qualidade de vida, e falo isso por experiência própria!”

O Projeto REMANDO PARA A VIDA surgiu em 2019 e tem por objetivo promover ações para divulgar os benefícios de REMAR para pessoas que passaram por tratamento de CÂNCER DE MAMA, inspirando e estimulando pessoas a praticarem atividades físicas aquáticas e de remada. Para saber mais, clique aqui.


Acima algumas fotos da parceria H-AL com o Projeto REMANDO PARA A VIDA. A Deborah selecionou peças do seu acervo e com elas nós trabalhamos o upcycling, transformando e repaginando cada peça. Disponíveis para venda.


°°° Sobre a H-AL

na H-AL desenvolvemos peças de arte      vestíveis que carregam uma expressão legítima e genuína, sem data de validade.

Valorizamos a artesanalidade na produção, numa expressão bruta e pura, exaltando o processo conceitual do fabrico                                            como um objeto de arte

.

o trabalho é autoral e balizado nos parâmetros do ECO e SLOW design.  Os panos são sempre preparados com resíduos e reaproveitamento de tecidos da indústria ou de ateliês amigos e parceiros nossos e sempre utilizados como suporte de ideias e transformados em roupas, com técnicas artesanais e manuais, sempre experimentais, de produção. A performance é  presente na concepção e fabricação das peças, onde o objeto têxtil é o produto final – e o único passível de venda – em um tratado audiovisual múltiplo.

Distante do processo convencional  de moda, todas as peças são únicas e questionam nossa posição no mundo e nosso papel no tempo.


Serviço:


Exposição “FURACÃO VIDA” e "PÚBIS" de Manu Daher

Data: 09/03/2020

Horário: 15 às 21h

+ Conversa aberta com Deborah Vons sobre o PROJETO REMANDO PARA A VIDA

Horário: 19h

Onde: H-AL | Alexandre Linhares & Thifany F.

Endereço: Al. Prudente de Moraes, 445

"QUANDO UMA MULHER AVANÇA, NENHUM HOMEM FICA PRA TRÁS..."

91 visualizações