quanto um chapéu

de palha

 

estrela: Lely Czelusniak / beleza: Thifany F. / fotos: Thifany F. / vídeo e música: Alexandre Linhares / Coleção exposta na Galeria Teix, integrando a Bienal Internacional de Curitiba, em 2013.

Mostrar Mais
Adélia Maria Lopes

"Esse trabalho é mais um exemplo da fuga do lugar comum que a marca Heroína vem trilhando. “O objeto de moda na Heroína é a arte. Quando não no corpo, pode vestir uma parede”, observa Alexandre, um artista trabalhador, bem informado e inconformado com as cópias das passarelas internacionais. A exposição integra o projeto Quadrilátero do milho que tem quatro tempos: Introdução – semeando, lançado no mês passado, e performance de Alexandre Linhares e Thifany. Depois da exposição, virá o desfile da coleção. A ideia é idílica, passando criticamente pelo fabril. A galerista Jô Maciel recebe Alexandre Linhares, lembrando que a Galeria Teix “é um espaço de revelações de artistas e de aprimoramento do olhar do espectador. Queremos que os novos olhares de artistas e, agora, de um estilista, instiguem e despertem a curiosidade para novas exposições que virão”.        Adélia Maria Lopes