011

 

{

deus

 

press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom

num mundo em que nada, o tempo. num mundo em que nada, o verbo. num mundo em que nada, matéria. num mundo em que nada, rochas e chuva e trovão. fazia frio antes do sol e antes do frio nem um curió. agora já curió que canta e encanta e rola pedras na chuva que cai em cascata e agora? quando foi então, que deus criou o algodão? quando foi que deus nos fez, nu? e adão? e josé e joão? a esfinge que ri, me ama? me abrasse e me amasse. me amasse. se me amasse, me amava. escuta: "as batidas do meu coração" e me responda: "quando foi, então, que deus criou o algodão?"

das fotos e vídeo-conceito oficial

 

estrela: Maite Schneider / beleza: Thifany F. / fotos vídeo e textos: Alexandre Linhares / voz off: Alexandre Linhares e Thifany F. / sapatos: Shoes 4 U

press to zoom
press to zoom
press to zoom
1.jpg
1.jpg
press to zoom
3.jpg
3.jpg
press to zoom
4.jpg
4.jpg
press to zoom
11.jpg
11.jpg
press to zoom
2.jpg
2.jpg
press to zoom
5.jpg
5.jpg
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
44.jpg
44.jpg
press to zoom

Para a 1ª participação no PBC, a Heroína - Alexandre Linhares mostrou peças cujo tema central era o livre arbítrio, onde cordas em algodão possibilitavam a modelagem das peças - variantes em tons de branco, vermelho, marrom e verde (estes ilustrando a saída da vida da água e o anterior às emoções humanas) - no corpo, ao gosto de cada pessoa. O desfile foi ritmado pela voz de Jô Marçal, musicando a Mãe Natureza parindo todo o substrato vivo sobre a superfície da Terra, em produção musical de César Munhoz. O filme que integra a coleção mostra Alexandre Linhares e a estrela Maite Schneider nus, de passagem pela Terra num hotel de beira-de-estrada. A coleção foi muito bem recebida pela crítica, e nuances antes ocultas da visão do criador foram interpretadas como a Teoria das Cordas e o cordão umbilical que liga o Ser à sua matriz principal. 

do desfile realizado no Paraná Business Collection dia 16 de fevereiro de 2011

 

da música: ideia inicial: Alexandre Linhares / produção musical: César Munhoz / voz: Jô Marçal

joias: Joalheria Rodrigo Alarcón / bolsa: Linina Bolsas / flores: Mars